Nós, os Outros e a Nossa Saúde!

Será possível? Mas é claro que sim, porque razão não haveria de ser? É gordo, gordo não, balofo, olha bem para aquilo...já não adianta!
Com certeza deve de ser esta a reação de muitas pessoas ao verem passar pela rua uma pessoa obesa a fazer exercício. Sim, depois de passarmos pela fase principal de todo um processo de emagrecimento, que para mim é a consciencialização e aceitação de que se está com um problema de peso, eis que chega uma outra etapa igualmente difícil, o exercício físico.
Com o verão à porta, sabem e fazem bem as longas caminhas pela beira mar, pelos estrados de madeira ou pelos passeios, o que nós vimos mais são pessoas na rua a andar...mas calma, pessoas normais, ou seja, magros!
Até agora nunca me tinha ocorrido tal pensamento, a verdade é que nunca reparei em ninguém mais gordinho (largos quilos a mais) a praticar corrida ou caminhada, mas lembrei-me do assunto ao ver a imagem do post. A verdade, infelizmente, é que com estes comentários infelizes nós vamos fácilmente abaixo da nossa auto-estima que, muitas das vezes, já não é das melhores.
Temos que compreender e aceitar que cada um é como é e, antes de falarmos, pensarmos duas vezes ou mais antes de abrirmos a boca. Eu admiro bastante as pessoas obesas, gordinhas, gordas ou balofas, como lhes queiram chamar, que encaram de frente a situação, que não ligam para os comentários infelizes e que seguem em frente as suas vidinhas. Para muitos era mais fácil recolherem-se no seu canto a pensar nos comentários dos outros (já fui desses!) e dar mil e um passos para trás no processo de emagrecimento, voltando, tempos depois a fazer uma nova tentativa.
Há que encarar as coisas de frente, afinal, a vida é nossa, ninguém tem de se meter, se for para criticar que o façam, mas construtivamente, de maneira a que possamos aprender algo com as críticas, comentários infelizes e infundados não, obrigado!
Para aqueles que dizem que não adianta, muito obrigado, só nos dão força para vos provarmos que é precisamente o contrário. Nunca é impossível e adianta sempre! Pela nossa saúde corremos até onde nos for possível, afinal, se não formos nós a cuidar de nós próprios, quem é que vai cuidar? Os outros que nada mais têm a fazer do que não ser mandar boquinhas foleiras e prejurativas? Não me parece...

(Perdi-me no raciocínio ao escrever o post e não sei se cheguei onde queria realmente, conta a intenção, se não perceberem o que quero dizer digam! Beijos e Abraços.)

11 comentários:

Mi disse...

Oi Anselmo.
Finalmente vim retribuir seus comentários.
Bom, por já ter sido magra (aquela mocinha no banner lá no meu blog sou eu) reparo nos gordos que se exercitam por aí.
Mas logo vem aquela frase na minha cabeça:"E quem é vc pra julgar outro igual???"
Colocando-me na situação da gorda se exercitando, de fato não ligo para comentários.Já me assumi,e agora me esforço para mudar. Danço Flamenco, me apresento em teatros 2x por ano, faço caminhadas e até algum tempo atrás frequentava academias (não gosto muito), e se por acaso percebo algum olhar crítico ou algum comentário, encaro, olho para a pessoa com aquela "tá olhando o que?", pois acho um absurdo os ditos "normais" zombarem de quem esta se esforçando para melhorar.
Então, que se danem os comentários maldosos, as caras de critica. Façamos o que for possível para atingir as metas traçadas.
Beijos

Lollypop disse...

Olá!!!
Eu já fui uma dessa pessoas que se recolhia sempre. entretanto aqui na minha zona sempre que vou fazer as minhas caminhadas passo sempre por um menino que tb anda fazendo caminhada e te digo uma coisa sinto-me orgulhosa por me estar a a tornar uma ex-sedentária!
e quando estou com alguem que faz um mau comentário em relação aos gordos so lhes digo: Nós tb somos pessoas! é muito mau estar numa sociedade em que os padrões de beleza são tão diferentes da realidade.

beijokas

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Olá

Hoje fui correr. Já corri com alguma regulariade, engordei um bocado e agora recomaçar custa.... que se farta. Passei várias vezes por uma moça obesa.Nova ainda, mais nova que eu, completamente obesa, a caminhar em passo relativamente rápido. E eu a correr em passo bastante lento.

Admirei-a. Sinceramente! Cada um com os seus problemas, os seus fantasmas e as suas lutas. Ali, talvez muito parecidas, cada uma a lutar... à sua maneira, mas talvez pelo mesmo fim: sentir-se melhor!

Força! Os outros... os outros terão sempre alguma coisa a dizer. Sempre! Mas os outros têm a importância que nós lhes dermos. Quantas vezes nas corridas não ouço:

- Coitada...
- Vai mas é para casa... assim não chegas lá...

E mimos parecidos. Também se ouvem incnetivos. E depois há a nossa voz! E essa é a que verdadeiramente importa!

Qualqueer exercício, por pouca duração que tenha ou mesmo que feito lentamente, é sem sombra de dúvida, mil vezes melhor que estar parada... se calhar sentada no sofá!

Força e... ouve-te! E mexe-te!

Ana

disse...

Olá Anselmo, quanto tempo! Obrigada pela presença constante lá no meu "quase-extinto-por-acidente" blog, rsrsrs.
Vejo que está tudo correndo bem para vc e isso é bom.
Com relação ao post, concordo com vc que há menos pessoas obesas (de verdade) fazendo exercícios como parte de um programa de emagrecimento. Mas vou por mim. Qdo estava muito gorda, evitava me exercitar em público e comecei a fazê-lo em casa, enquanto emagrecia. Só fui prá academia depois de muitos kg perdidos, como um reforço da auto-estima. Quero crer que esse pode ser o comportamento de muitos que tb não se sentem bem com a exposição.
Outro fenômeno que noto, é que os muito gordos olham os "menos gordos" ou magros com um jeito meio "rancoroso". Vejo isso nas minhas caminhadas na orla. A todos tento dar um bom dia ou boa tarde, assim como faço com velhos, moços e magros. Mas salvo um ou outro, a maioria chega a desviar o olhar! Algo do tipo: me deixem em paz. Sei lá. Vc disse que se perdeu no raciocínio mas prá mim estava claro. Eu é que acho que me enrolei. Bjs e bom fim de semana e tudo de bom.

Décio disse...

sei bem o que é isso, mas é complicado não ligar para a opinião dos outros quando vc está se exercitando (não que isso não seja o certo)...mas as pessoas acima do peso, (eu principalmente) sempre noto alguns olhares maldosos ou comentários engraçadinhos quando me exercito em público... não faço isso constantemente, mas é o que acontece e isso é muito desmotivamente.... atualmente não ligo (muito) para isso e faço minhas caminhadas da mesma maneira,

Abs,

Décio
http://torresmolight.blogspot.com

resolução minha disse...

olá Anselmo! Claro que as pessos obesas têm mais problemas em fazer exercício em público, já me aconteceu... mas nãosei explicar bem porquê. Talvez porque assim sei que reparam mais em mim, no meu grande corpo e isso incomoda-me, e talvez porque assim as pessoas sabem que estou a tentar perder peso e assumo-me perante os outros como gorda e parece-me que toda a gente só vê gordura, gordura em mim. Talvez...

Bjs

PS: Diz-me, em quanto tempo perdeste todos esses quilos? Parabéns mesmo!

Est_luz / Cazaps / Camila (3 em 1) disse...

Eu ainda sinto mta vergonha em sair para caminhar devido possíveis comentários, portanto prefiro ir à noite quando os gatos são pardos para me sentir mais à vontade. Mas me privar disso acho injusto. Penso que ninguém tem absolutamente nada com minha vida. Melhor que comentem: "a gordinha fazendo algo para emagrecer" do que "é gordinha e pq não faz nada para emagrecer?" :P
Bom fds.
Bjs

Peluchinha disse...

Olá Anselmo.

Em primeiro lugar obrigada pela tua visita, pelo teu comentário e pela força! :D

No meu caso, eu ainda tentei exercitar-me num ginásio (só para senhoras) mas o problema, como com muitos de nós obesos é que: eu sou superconsciente de mim própria.

Eu não me sinto bem com o meu corpo, logo, se vejo alguém a olhar para mim, começo logo a pensar no que estará essa pessoa a pensar de mim, qualquer olhar menos sorridente é encarado como uma crítica velada, enfim...

A nossa mente é o nosso pior inimigo.

Parabéns pelo post. Ficou bem perceptível.

Beijokinhas doces e muita força!

AMALI disse...

Oi Anselmo
Prazer em conhecer seu cantinho
eu estou começando agora a correr... é dificil persistir...
li nos commnents que qdo estamos acima do peso é dificil ir a academia... aqui no Brasil (sou peruana morando no Rio de Janeiro) foi uma das primeiras coisas que me chamo a atenção... no Peru, as academias estão cheias de gordinhos tentando emagrecer... aqui? cheio de deuses e deusas do Olimpo... assim fica mais dificil... acho um bom começo as caminhadas... queimam-se calorias, é de graça e para quem era sedentario é um grande avanço...
me visite no meu canto
beijo
amalia

Anónimo disse...

http://achatcialisgenerique.lo.gs/ cialis commander
http://commandercialisfer.lo.gs/ achat cialis
http://prezzocialisgenericoit.net/ acquisto cialis
http://preciocialisgenericoespana.net/ cialis

Anónimo disse...

http://prixviagragenerique50mg.net/ commander viagra
http://prezzoviagraitalia.net/ comprare viagra
http://precioviagraespana.net/ viagra